A Story Beyond the Store

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Magia de Outono


Minha avó sempre dizia que as estações do ano têm segredos. Nunca havia entendido direito o que isso significava. Hoje concordo com ela.
O vento por exemplo, num passeio ele chega bagunçando seu cabelo, às vezes até levando um papel importante que estava na sua mão, mas se fechar os olhos, é uma energia carregada de informações aos nossos sentidos. Uma vez numa viagem para a Alemanha, eu reclamava muio do frio que era quase insuportável, porque ventava muito. Nesse momento, uma alemã vira pra mim e diz que esses dias são ótimos para carregarem os pensamentos pra longe. E é verdade! Um dia sem vento, é mais denso. Um dia de sol é alegria. Sol pra mim, tem cheiro de praia, gosto de piscina regado à pele bronzeada e risadas com amigos. O Inverno é elegante, romântico, me lembra marshmallow na lareira e filmes assistidos no sofá. A primavera parece ser a época de se aquietar , usufruir da beleza e fazer o que realmente gosta. 
 O Outono... Ah o outono...
 Esse tem nome próprio. É vívido de arte e desapego. Ele é o que chega para nos dizer que tudo na vida tem um começo, um meio e um fim. Tão superior, nos transmite uma mensagem de transformação de forma suave e bela. Suas folhas simbolizam todos aqueles nossos pensamentos que já estão desgastados e sem utilidade. Os galhos, então, vazios, nos dizem que é preciso esvaziar para coisas novas possam nascer e se ocupar desses lugares. O colorido de sua natureza sempre pintada com o tom de azul do céu, é o otimismo, para que não nos desanimemos em épocas de muda, de trocas. E sua mensagem final é a mais bela de todas: tudo renascerá novamente, novas folhas brotarão, para que dali um tempo, a renovação se complete nesse incrível processo que é a vida...

*Fotos inspiração retiradas da web